Número de tiroteios dobrou em comparação a agosto de 2020 Neste mês de agosto, o Instituto Fogo Cruzado mapeou 16 tiroteios/disparos de armas de fogo no Cabo de Santo Agostinho, o dobro do registrado neste mesmo período no ano passado. O mês também bate recorde e é o mais violento para a população do município,…

Leia Mais

Mês superou mais da metade do acumulado em 2021  Em julho deste ano, o Instituto Fogo Cruzado registrou 3 gestantes baleadas na Região Metropolitana do Recife. O número de vítimas já é quase a metade do acumulado desde que o Instituto começou a operar em Pernambuco, em abril de 2018. Ao todo, 8 gestantes foram…

Leia Mais

Por: Apollo Arantes e Katarina Scervino* Toda criança já ouviu essa pergunta pelo menos uma vez. Ela estimula as ideias, provoca a  imaginação e permite pensar no amanhã. Mas infelizmente, não são todas as crianças que podem sonhar com uma vida sem intercorrências. Muitas têm histórias drasticamente atravessadas pela violência armada que deixa marcas para…

Leia Mais

Número mais do que dobrou em relação a maio de 2020. Todas as vítimas sobreviveram. Durante o mês de maio, transitar pela Região Metropolitana do Recife não foi tão seguro. O Instituto Fogo Cruzado registrou aumento de 125% no número de vítimas de bala perdida* no Grande Recife.  Ao todo, 9 pessoas foram baleadas quando…

Leia Mais

Este ano, último caso tinha ocorrido em janeiro Desde que chegou em Pernambuco, em abril de 2018, o Instituto Fogo Cruzado tem mapeado a violência armada na região metropolitana do Recife. Durante esse tempo, o elevado número de tiroteios dentro de presídios tem chamado a atenção.  Este ano, 1 pessoa foi morta e outras 3…

Leia Mais

Dia da Baixada é pra comemorar, mas também para denunciar as falhas nas políticas de segurança pública Neste 30 de abril, Dia da Baixada Fluminense, a região com 13 municípios* segue com alta letalidade em tiroteios onde há presença de agentes de segurança**. Somente em 2021, houve 442 tiroteios/disparos de arma de fogo que deixaram…

Leia Mais

76% das vítimas foram atingidas por balas perdidas A proteção à vida é um direito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A ideia é garantir um desenvolvimento sadio e harmonioso em condições dignas de existência. Mas na realidade do Rio de Janeiro, manter esse direito tão fundamental foi tarefa impossível para as…

Leia Mais