Relatório anual do Instituto Fogo Cruzado mostra que 3 a cada 4 chacinas na Região Metropolitana foram em ações/operações policiais >> Baixe o Relatório Anual completo em PDF aqui << Houve 4.653 tiroteios no Grande Rio em 2021, uma média de 13 tiroteios por dia. Ao todo, 2.098 pessoas foram baleadas Houve 61 chacinas no…

Leia Mais

Ao todo, cinco crianças foram baleadas no último mês de 2021, segundo dados do Instituto Fogo Cruzado A Região Metropolitana do Rio termina o ano da mesma forma que começou: com crianças vítimas da violência armada. Ao longo de dezembro, cinco crianças foram baleadas, segundo dados do Instituto Fogo Cruzado. Todas, felizmente, sobreviveram. Quatro das…

Leia Mais

Houve outras duas chacinas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, aponta monitoramento do Instituto Fogo Cruzado Última atualização feita em 03/12/2021 A chacina no Salgueiro que ocorreu nos dias 20 e 21 de novembro e terminou em pelo menos nove mortos não foi a única do mês. Houve mais duas chacinas, casos em que…

Leia Mais

Violência armada interrompeu a infância de cinco delas segundo o Instituto Fogo Cruzado O Dia das Crianças poderia ser um momento de celebração, mas para muitas famílias na Região Metropolitana do Recife, não há nada a comemorar. Em três anos, houve 33 crianças baleadas, cinco delas morreram. Só em 2021, sete foram atingidas no Grande…

Leia Mais

Número de tiroteios dobrou em comparação a agosto de 2020 Neste mês de agosto, o Instituto Fogo Cruzado mapeou 16 tiroteios/disparos de armas de fogo no Cabo de Santo Agostinho, o dobro do registrado neste mesmo período no ano passado. O mês também bate recorde e é o mais violento para a população do município,…

Leia Mais

Mês superou mais da metade do acumulado em 2021  Em julho deste ano, o Instituto Fogo Cruzado registrou 3 gestantes baleadas na Região Metropolitana do Recife. O número de vítimas já é quase a metade do acumulado desde que o Instituto começou a operar em Pernambuco, em abril de 2018. Ao todo, 8 gestantes foram…

Leia Mais

Por: Apollo Arantes e Katarina Scervino* Toda criança já ouviu essa pergunta pelo menos uma vez. Ela estimula as ideias, provoca a  imaginação e permite pensar no amanhã. Mas infelizmente, não são todas as crianças que podem sonhar com uma vida sem intercorrências. Muitas têm histórias drasticamente atravessadas pela violência armada que deixa marcas para…

Leia Mais