Julho: Grande Recife tem queda de 40% no número de tiros

Quantidade de mortos também diminuiu em comparação com o ano anterior

Durante o mês de julho, o laboratório de dados de violência armada Fogo Cruzado registrou 83 tiroteios/disparos de arma de fogo na região metropolitana de Recife, com 65 mortos e 30 feridos. Em relação ao mesmo período de 2018, houve uma queda de 40%, quando, em 139 tiroteios/disparos, houve 114 mortos e 54 feridos. Em relação ao mês anterior, junho, houve uma diminuição de 15% no número de tiroteios/disparos. 

Veja mais alguns detalhes sobre a violência armada no Grande Recife em julho:

  • O município de Recife concentrou o maior número de tiroteios/disparos de arma de fogo no Grande Recife em julho, foram 31 registros no total, seguido de Paulista (10), Olinda (10), Jaboatão dos Guararapes (8), Igarassu (6) e Cabo de Santo Agostinho (5).  
  • Em comparação com o mesmo período do ano passado (114), julho registrou  queda de 43% no número de mortos, foram 65. Já o número de feridos diminuiu 44%, foram 30 em julho deste ano, contra  54 no ano anterior.
  • São José liderou o ranking de bairros do Grande Recife com o maior número de tiroteios/disparos de arma de fogo em julho, foram 4 no total. Em seguida vem Várzea (2), Ibura (2), Areias (2) e Ponte dos Carvalhos (2). 
  • Do total de tiroteios/disparos (83): 75,90% resultaram em vítimas fatais (63), 24,10% em feridos (20) e em 7,23% dos casos (6), não houve notificação de baleados.
  • Do total de mortos (65), 98,46% eram homens (64). Do total de feridos (30), 93,33% eram homens (28) e 6,67% mulheres (2).
  • Em julho, 10 pessoas foram baleadas dentro de residência na região metropolitana do recife: 8 delas morreram. Entre os casos está o do ex-presidiário Márcio André de Melo, 30 anos, morto a tiros no dia 27 de julho, na Rua José de Farias, no Bongi, Zona Oeste do Recife
  • Em julho, houve 2 casos de homicídios múltiplos na região metropolitana do Recife, resultando em 4 mortos – todos homens. 
  • Em julho, 4 adolescentes (12 anos até 18 anos incompletos) e 2 idosos (a partir de 60 anos) foram baleados na Região Metropolitana do Recife – destes 2 adolescentes e 1 idoso morreram. 
  • Este mês, 2 pessoas foram vítimas de balas perdidas no Grande Recife. Um deles, o aposentado José Carneiro, passeava com o cachorro quando foi atingido na barriga no bairro de São José, em Recife, no dia 5 de julho. Os tiros foram disparados dentro de um bar e deixaram outras 7 pessoas feridas. A polícia tratou o caso como tentativa de homicídio. 
  • 3 vendedores ambulantes foram baleados este mês no Grande Recife – um deles dentro da Estação Central do metrô de Recife, no dia 3 de julho. Wanderson Lopes da Silva, 30 anos, foi atingido na perna. 
  • Em julho, 2 pessoas morreram baleadas dentro de presídios. No acumulado do ano – de janeiro até julho -, 32 pessoas foram baleadas em unidades prisionais do Grande Recife: 6 delas morreram.

Deixe um Comentário





doze − 8 =

Copy link
Powered by Social Snap