Skip to content

Baixe o app

Seja um doador para o fogo cruzado

Outubro: Grande Recife registrou 153 baleados e bateu recorde do ano

Número de tiroteios/disparos este mês foi o segundo maior registrado em 2019

Em outubro, a plataforma Fogo Cruzado registrou 130 tiroteios/disparos de arma de fogo na região metropolitana do Recife, apenas 4 a menos do que os 134 disparos de arma de fogo registrados em abril, mês com mais registros este ano. No total, 153 pessoas foram baleadas este mês, destas, 108 morreram. Outubro foi o mês com o maior número de baleados, seguido de maio (140) e abril (135). 

Ao todo, em 2019 – de janeiro a outubro –, houve 1.104 tiroteios/disparos de arma de fogo na região metropolitana do Recife. No total, já são 1.196 pessoas baleadas: destas, 822 mortas e 374 feridas. 

Veja mais alguns detalhes sobre a violência armada no Grande Recife em outubro:

  • Em outubro, 11 pessoas foram baleadas dentro de residências na região metropolitana do Recife, todas morreram (10 homens e 1 mulher). Entre os casos está o da comissária de bordo Dinorah Cristina Barbosa da Silva, 35 anos, que foi morta enquanto amamentava seu filho de 5 meses, em casa,  no dia 23, no bairro de Maranguape II, em Paulista. 
  • Em outubro, houve 6 casos de homicídios múltiplos na região metropolitana do Recife: ao todo, 13 pessoas morreram (11 homens e 2 mulheres). Entre esses casos, está o do casal Alexsandro Fragoso da Rocha e sua esposa, identificada apenas como Manuela, atingidos por disparos quando desciam do ônibus no dia 18, no bairro de Cajueiro Seco, Jaboatão dos Guararapes.
  • 1 criança (até 12 anos incompletos), 14 adolescentes (12 anos até 18 anos incompletos) e 2 idosos (acima de 60 anos) foram baleados em outubro na Região Metropolitana do Recife – 12 adolescentes e os 2 idosos morreram. Entre as vítimas está Agenor Marcelino de Lima, 60 anos, morto a tiros no dia no dia 20, na 2ª Travessa Manancial, Cruz de Rebouças, em Igarassu. A motivação não foi divulgada.
  • Em outubro, 12 pessoas foram baleadas dentro de bares no Grande Recife, destas 3 morreram. 2 motoristas de aplicativo e 1 vendedor ambulante também foram mortos a tiros neste período. 
  • Em outubro, Recife liderou, mais uma vez, o ranking de municípios com mais tiros, com 44 registros de tiroteios/disparos de arma de fogo. Em seguida vem Jaboatão dos Guararapes (22), Cabo de Santo Agostinho (15), Camaragibe (9) e Olinda (9). A capital pernambucana representou 34% do número de tiros de todo o Grande Recife este mês.
  • Em comparação com setembro (83), o mês de outubro teve um aumento de 57% no número de tiros registrados. 
  • O Ibura liderou o ranking de bairros com o maior número de tiroteios/disparos de arma de fogo este mês, com 5 registros. Em seguida vem a Ilha Joana Bezerra, dessa vez empatada em segundo lugar com Ponte dos Carvalhos, com 4 registros cada . Jardim Jordão (3) e Candeias (3) completam o ranking dos 5 bairros com mais registros. 
  • Do total de tiroteios/disparos (131): 77,10% resultaram em vítimas fatais (101), 23,66% em feridos (31) e em apenas 6,87% dos casos (9) não houve vítimas.
  • Do total de mortos (108), 96,30% eram homens (104) e 3,70% eram mulheres (4). Do total de feridos (45), 80% eram homens (36) e 20% mulheres (9) . 

Deixe um Comentário





dezenove − catorze =

Copy link
Powered by Social Snap