Nos últimos três dias, 10 pessoas foram atingidas por “balas perdidas” no Rio

Nos últimos três dias 10 pessoas foram vítimas de “balas perdidas” durante tiroteios em favelas no Rio. Três delas morreram.

Complexo do Alemão: Na tarde de hoje (24), durante intenso tiroteio no Alemão, três pessoas foram baleadas. Luiz Fernando de Jesus Melo, 28 anos, auxiliar de serviços gerais, morreu.

Cidade de Deus: No dia 23, durante operação da Polícia Civil na Cidade de Deus, 4 moradores foram baleados. O aposentado Hermes Mathias da Silva, de 70 anos, estava no portão de casa conversando quando foi atingido. Ele chegou a ser encaminhado a um hospital, mas não resistiu. Além de Hermes, foram atingidos por balas perdidas a doméstica Andréia Pereira da Silva, o jardineiro Leonardo Pereira da Silva e o encarregado de obras Marcos Vinícius Pereira da Silva.

Morro da Providência: No mesmo dia (23), durante um intenso tiroteio no Morro da Providência, um ambulante que estava na Central do Brasil foi atingido na perna por uma bala perdida.

Acari: No dia 22, durante operação policial na favela, duas pessoas foram baleadas. Uma delas não resistiu e morreu.

Screen Shot 2017-03-24 at 15.49.01

Deixe um Comentário





cinco + 15 =