Houve 83 tiroteios que duraram mais de 2 horas no Grande Rio em 2018

Em 2018, o laboratório de dados Fogo Cruzado registrou 83 tiroteios com duração igual ou superior a 2 horas, incessantes ou com intervalos curtos – até 30 minutos – na Região Metropolitana do Rio. No total, foram de 429 horas e 01 minuto de tiroteios longos. 

Durante esses tiroteios, 81 pessoas foram baleadas. Destas, 32 morreram. Foi registrada ainda a presença de agentes de segurança – sendo em operações ou ações policiais – em 44 casos. Ao todo, o Fogo Cruzado mapeou 19 agentes de segurança baleados em tiroteios contínuos, 5 deles morreram.

O Morro do Jordão, localizado na Taquara, bairro da Zona Oeste do Rio, foi o local que registrou a maior duração de tiroteio, com o total de 23 horas e 48 minutos. O caso ocorreu no início da madrugada de sexta-feira, do dia 29 de junho, por volta de 0h42 e durou até 00h30 do sábado, dia 30. No dia 2 de julho, o Morro do Jordão tornou a sediar um intenso tiroteio contínuo, que durou 5 horas e 46 minutos.

O segundo lugar com registro de tiroteio mais longo foi na mesma região, também na Grande Jacarepaguá. A localidade conhecida como Bateau Mouche, Morro do Batô, localizado na Praça Seca, registrou 16 horas e 50 minutos de tiros no dia 26 de março de 2018.

Destes 83 tiroteios, 12 duraram mais de 10 horas, e a maioria ocorreu na zona oeste (33 casos, 40%), seguido da zona norte (27 casos, 33%), zona sul (11 casos, 13%), Baixada (6 casos, 7%), Leste Metropolitano (4 casos, 5%) e Centro (2 casos, 2%).

Clique aqui e acesse o relatório com dados completos sobre 2018.

Deixe um Comentário





1 × 4 =

Copy link
Powered by Social Snap