Começou nesta terça-feira (16) a primeira edição do laboratório-escola de Dados em Narrativas Jornalísticas, que durante duas semanas vai apresentar conceitos e práticas em design da informação, coleta e análise de dados, linguagem visual e dados, e reportagem, focados em segurança pública e violência armada na Região Metropolitana de Recife. 

Na aula de abertura do curso, representantes da Marco Zero Conteúdo, do Instituto Fogo Cruzado, da Escola de Comunicação da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e da Fundação Friedrich Ebert Brasil receberam os cinco bolsistas selecionados: as jornalistas Nathália Dielú (TV Globo) e Karinne Costa (Coletivo Resistir É Pulsar), o jornalista Rafael Negrão (Centro das Mulheres do Cabo e Fórum Suape), o comunicador popular Mekson Dias (Coque (R)existe e Neimfa) e a estudante de jornalismo Jennifer Oliveira (estagiária da TV Jornal). Além deles, há alunos que são estudantes de comunicação social da Unicap e integrantes de oito organizações de mídia independente parceiras da Marco Zero no Nordeste: Mídia Caeté (AL), Olhos Jornalismo (AL), Retruco (PE), Diadorim (PE), Saiba Mais (RN), Agência Eco Nordeste (CE), Revista Afirmativa (BA) e a newsletter Cajueira (NE). 

A primeira edição do Curso acontece de forma 100% remota entre os dias 16 e 26 de novembro. Ao final, os materiais jornalísticos produzidos pelos cinco bolsistas serão publicados no início de janeiro nos sites da Marco Zero, do Fogo Cruzado e dos coletivos e veículos onde trabalham.

Deixe um Comentário





12 − 11 =