Quantidade de baleados foi 57% menor este ano

Durante o Carnaval deste ano (entre as 18h do dia 21 e 12h do dia 26 de fevereiro), a plataforma Fogo Cruzado mapeou 31 tiroteios/disparos de arma de fogo na região metropolitana do Rio. Em comparação com o Carnaval de 2019, quando houve 70 tiroteios, este ano teve uma queda de 56% nos registros.

Com uma média de 6 tiros por dia, o número de registros no período de folia representou 4% dos 785 acumulados do ano (entre 1º de janeiro e 12h do dia 26 de fevereiro). Os bairros de Vila Kennedy (3) e Tijuca (2) tiveram mais tiros.

A quantidade de baleados foi 57% menor, foram 10 (destes, 6 morreram) no Carnaval deste ano e 23 no recesso do ano anterior. Entre as vítimas em 2020 estão o biólogo Edmar Cléber de Jesus, de 59 anos, e seus dois filhos, os adolescentes* Yasmin De Carvalho Neves, de 17, e o caçula Yruan Saluci de Jesus, de 15 anos, que morreu no dia seguinte, após serem baleados no dia 22 ao entrarem na Favela Rodrigues Alves, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

*Unicef considera adolescentes com idade entre 12 anos e 18 anos incompletos.

Deixe um Comentário





dois × 5 =