Dados representam uma queda de 13% em relação ao carnaval do ano passado

A plataforma Fogo Cruzado registrou 21 tiroteios/disparos de arma de fogo na Região Metropolitana do Recife durante o período do Carnaval em 2020. Ao todo, das 18h do dia 21 de fevereiro às 12h do dia 26 de fevereiro, foram 23 pessoas baleadas – 13 mortos e 10 feridos. 

Os dados representam uma queda de 13% em relação ao carnaval de 2019, que teve 24 registros com 27 pessoas baleadas – 10 feridos e 17 mortos.

Recife (9), Cabo de Santo agostinho (4) e Jaboatão dos Guararapes (3) foram os municípios com o maior número de registros. No bairro de Iputinga (Recife) foram registrados 2 tiroteios/disparos de arma de fogo, um deles resultou na morte de um agente de segurança*. O Soldado da Polícia militar Rodrigo de Souza Apolinário, de 22 anos, foi morto a tiros no dia 25 de fevereiro, na Rua Expedicionário Guilherme Brasileiro, em Iputinga, Recife. 

Veja os outros casos que ocorreram durante o período de Carnaval: 

  • No dia 22, um homem foi morto a tiros e três pessoas foram baleadas  – entre elas, um adolescente** – durante o desfile de um bloco de carnaval, no bairro da Cohab, no Cabo de Santo Agostinho.
  • No dia 23, um motorista de aplicativo foi assassinado a tiros dentro do carro após briga no trânsito, na rua Herculano Bandeira, em Recife. 
  • No dia 24, Eduardo Alves da Silva, de 36 anos, foi morto a tiros dentro de uma residência, na rua Quatro, no Cabo de Santo Agostinho.
  • No dia 25, Celso José do Nascimento foi atingido por bala perdida durante a execução de Esron Raniel da Silva Barbosa, no Alto Treze de Maio, em Vasco da Gama, Recife.

*Agentes de segurança incluem policiais civis, militares, federais, guardas municipais, agentes penitenciários, bombeiros e militares das forças armadas – na ativa, na reserva e reformados.** O Unicef considera adolescentes com idade entre 12 anos e 18 anos incompletos.

Deixe um Comentário





13 − 12 =