Skip to content

Baixe o app

Seja um doador para o fogo cruzado

Baixada Fluminense teve mais de 450 baleados no primeiro semestre de 2019

Número de agentes de segurança baleados na região caiu 36%

No primeiro semestre de 2019, a plataforma Fogo Cruzado registou 971 tiroteios/disparos de arma de fogo na Baixada Fluminense, o que representa 23% do total de registros do Grande Rio. Houve uma queda de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve 1026 registros.

Assim como no ano passado, Belford Roxo foi a cidade da Baixada com mais registro de tiroteios, com 328 casos. Na sequência ficaram Duque de Caxias (212), Nova Iguaçu (145), São João de Meriti (98); Mesquita e Queimados ficaram empatadas, com 42 registros cada.

Apesar da redução nos casos de tiroteios, houve um aumento no número de civis baleados: 454 pessoas foram baleadas – destas, 268 morreram. Em relação ao mesmo período de 2018, o número de pessoas atingidas aumentou em 20%: 379 pessoas foram baleadas – destas, 245 morreram. 

Além de liderar o ranking de tiroteios, Belford Roxo também foi o município onde mais pessoas foram baleadas: foram 134 casos. Em seguida ficaram Nova Iguaçu (106), Duque de Caxias (73), Japeri (37) e Queimados (32). 

No última dia 29, uma chacina no bar Rei do Peixe, na Vila Dagmar, em Belford Roxo, deixou quatro mortos e, pelo menos, outras 13 pessoas feridas. Foi o caso onde mais pessoas foram baleadas numa mesma ocorrência – 17 no total.

Neste semestre, o número de agentes de segurança baleados na Baixada também reduziu, foram 27 – destes, 10 mortos. Houve uma queda de 36% em relação ao primeiro semestre de 2018, quando 42 agentes foram baleados – dos quais 18 morreram.

Ranking de Bairros da Baixada – 2019
Ranking de Municípios da Baixada – 2019

Deixe um Comentário





2 + 17 =

Copy link
Powered by Social Snap