Skip to content

Baixe o app

Seja um doador para o fogo cruzado

25 crianças e 43 idosos foram baleados no Grande Rio em 2018

Em 2018 o laboratório de dados Fogo Cruzado mapeou 25 crianças* baleadas na Região Metropolitana do Rio – 4 delas morreram.

A maioria dos casos de 2018 foi decorrente de balas perdidas, durante operações e tentativas de assalto.

O último caso de crianças baleadas de 2018 foi próximo à comunidade Para-Pedro, no bairro Colégio, na Zona Norte. Durante uma perseguição policial nos arredores da favela, na noite do dia 23 de novembro, 5 pessoas foram atingidas pelos disparos, entre elas uma mãe e duas crianças – de 7 e 8 anos.

Idosos também foram atingidos

Em 2018, o Fogo Cruzado passou a contabilizar o número de idosos** baleados na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Dos 21 dos casos, 49% foram atingidos por bala perdida. Ao todo foram 43 idosos baleados no Grande Rio, destes, 20 morreram.

A vítima mais velha, um senhor de 85 anos, foi morto a tiros durante ação policial em Rio do Ouro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio na noite do dia 3 de fevereiro. Elias da Silva Barboza foi baleado enquanto andava pela rua no momento em que agentes da polícia militar abordaram um caminhão de carga de colchões. Houve troca de tiros e o idoso foi atingido. Ele não resistiu e morreu no local.

*O Unicef considera crianças com idade inferior a 12 anos.
**O Estatuto do Idoso considera idosos com idade igual ou superior a 60 anos.

Clique aqui e acesse o relatório com dados completos sobre 2018.

Deixe um Comentário





dezoito − 8 =

Copy link
Powered by Social Snap