Instituto Fogo Cruzado registrou média de 10 baleados por mês Não há lugar, nem horário para a violência armada fazer vítimas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. 100 pessoas foram atingidas por balas perdidas só este ano, segundo mapeamento divulgado pelo Instituto Fogo Cruzado. Pode haver muita coisa em comum na história de cada…

Leia Mais

Mapeamento do Instituto Fogo Cruzado revela maior número de baleadas na região A violência desenfreada é ainda o maior desafio para os moradores do Leste Metropolitano. Apesar de ter ficado atrás da Zona Norte e empatar com a Baixada Fluminense em número de tiroteios, a área concentrou quase a metade dos baleados na Região Metropolitana…

Leia Mais

No Dia do Idoso, dados do Instituto Fogo Cruzado mostram que Leste Metropolitano é mais letal Não foi só a pandemia do coronavírus que colocou a vida das pessoas da terceira idade sob risco de morte. No Dia do Idoso, o Instituto Fogo Cruzado divulga dados que apontam que 207 pessoas, com idade acima de…

Leia Mais

Operações e ações policiais são as principais causas de adolescentes serem baleados Nos últimos cinco anos, um adolescente foi baleado a cada cinco dias na Região Metropolitana do Rio. Dos 378 baleados mapeados pelo Instituto Fogo Cruzado, mais da metade morreu (190). Em 2021, até o Dia do Adolescente, houve 30 vítimas no Grande Rio,…

Leia Mais

Em média, 1 pessoa foi baleada a cada operação No mês de agosto, houve 112 pessoas baleadas em ações e operações policiais na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, segundo registros do Instituto Fogo Cruzado. O número de atingidos nestas ocasiões superou a quantidade de tiroteios, que neste mês foram 93 em ações policiais. Um…

Leia Mais

Categoria é a mais afetada pela violência armada entre agentes de segurança Na tarde do dia 1º de setembro, a Região Metropolitana do Rio de Janeiro atingiu a inaceitável marca de 100 policiais militares baleados até agora. Na ocasião, o policial militar Daniel Alexandrino de Oliveira, de 32 anos, foi morto a tiros em Mesquita,…

Leia Mais

Ações policiais constantes causam pânico e prejudicam rotina dos moradores  Por Laerte Breno e Michel Rosa* – Originalmente publicado no Alma Preta Jornalismo em 14/07/2021 As vias e ferrovias que cortam os espaços urbanos são parte de uma configuração social que conecta diferentes pontos das cidades, organiza  deslocamentos, mas também cria fronteiras. Em sociedades como…

Leia Mais