Sobre

O Fogo Cruzado é uma plataforma digital colaborativa que registra dados de violência armada nas regiões metropolitanas do Rio e de Recife.

Como Funciona

Além de receber notificações de usuários diretamente via aplicativo, a equipe de gestão de dados do Fogo Cruzado recebe informações diretas de parceiros que atuam in loco. Neste caso só são consideradas fontes conhecidas, com as quais já existe relacionamento prévio, como coletivos, comunicadores e moradores ativos localmente. A equipe do Fogo Cruzado também adiciona às bases de dados as informações recolhidas via imprensa e canais das autoridades policiais. Vale notar que as notificações publicadas no mapa do Fogo Cruzado no site são sinalizadas de acordo com suas fontes.

Quando chega a notificação de um tiroteio/disparo de arma de fogo, esta informação não é automaticamente publicada no mapa e nas redes sociais. Imediatamente, a equipe de gestão de dados cruza a notificação com scripts e filtros desenvolvidos para agregar informações em redes sociais sobre disparos de arma de fogo na região metropolitana do Rio de Janeiro e Recife. Desta forma, é possível saber quem, quando e onde está se falando sobre o assunto de forma a cruzar informações sobre um mesmo tiroteio/disparo de arma de fogo. Após tal verificação, a notificação é postada nas redes e o incidente fica em registro público no site e app.

O aplicativo “Fogo Cruzado” está disponível para download gratuito para as plataformas:

Seja um doador para o fogo Cruzado:

Quem faz o Fogo Cruzado?

Rio de Janeiro

O Fogo Cruzado foi idealizado no fim de 2015, mas começou a operar na Região Metropolitana do Rio de Janeiro em 05 de julho de 2016.

A equipe local é formada por 4 analistas de sistema e redes, com suporte da equipe nacional formada por 3 diretoras, 1 assessor de dados, 1 assessora de imprensa e suporte de TI.

Recife

O Fogo Cruzado opera na Região Metropolitana do Recife desde 01 de abril de 2018, e desde julho de 2019, atua em parceria com o GAJOP (representante e porta-voz local do Fogo Cruzado).

A equipe local é formada por 4 analistas de sistema e redes, com suporte da equipe nacional formada por 3 diretoras, 1 assessor de dados, 1 assessora de imprensa e suporte de TI.