Instituto concorre através do Mapa dos Grupos Armados, de 2019

O Instituto Fogo Cruzado está, mais uma vez, entre os finalistas do Sigma Awards Projects Database. O Mapa dos Grupos Armados é um dos 141 finalistas nesta edição do prêmio, que é voltada para projetos que utilizam dados.

Para chegar ao resultado final, foram analisadas, ao longo de 18 meses, mais de 37 mil denúncias feitas em 2019 sobre grupos armados. O mapa foi feito por um consórcio de organizações. Foram usadas bases de dados do Fogo Cruzado, Disque Denúncia, Grupo de Estudos dos Novos Ilegalismos da Universidade Federal Fluminense (GENI/UFF), Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e a plataforma digital Pista News.

O mapa ajuda a pautar o trabalho de pesquisadores, jornalistas, gestores públicos e operadores do sistema criminal, além de informar a sociedade civil. Todos podem compreender a real dimensão dos diferentes grupos armados do Rio de Janeiro.

Esta é a segunda edição do Prêmio. Na edição passada, o Fogo Cruzado concorreu com a API e ficou entre os finalistas na categoria “Dados Abertos”. A API do Fogo Cruzado dá acesso a todo o banco de dados do Instituto e é a primeira base de dados sobre violência armada do Brasil.

Sobre o prêmio

O Sigma Awards celebra o melhor do jornalismo de dados de todo o mundo e em sua segunda edição, ao contrário do ano anterior, não foram separadas categorias, cabendo ao júri decidir quais os melhores projetos entre os finalistas.

A lista de vencedores será divulgada este mês em cerimônia online, devido à pandemia. Os premiados vão liderar workshops de capacitação para fortalecer a comunidade de jornalismo de dados.

Deixe um Comentário





cinco × 4 =