Torcemos para este dia não chegar, mas a violência armada é implacável quando não há esforço do poder público: em março, a Região Metropolitana do Rio de Janeiro ultrapassou os 1.500 agentes públicos de segurança baleados em menos de 6 anos. Dos 555 agentes mortos, a maioria (431) era policial militar. Os números confirmam como…

Leia Mais

Heloysa Gabrielly foi atingida enquanto brincava no terraço de casa; tiros em bares também chamaram atenção no mês Março terminou com um daqueles casos simbólicos que escancaram as falhas da segurança pública em Pernambuco e no Brasil. Policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) entraram na comunidade Salinas, em Porto de Galinhas, para…

Leia Mais

Policiais militares são as maiores vítimas, segundo Instituto Fogo Cruzado Quando o Instituto Fogo Cruzado passou a operar no Grande Rio, em 5 de julho de 2016, havia poucos dados sobre o perfil da violência armada. Naquele dia, o sargento da Polícia Militar Alexandre Moreira de Araújo, de 44 anos, foi a primeira vítima de…

Leia Mais

Regiões escolhidas para ocupação tiveram poucos índices de violência, mostra Instituto Fogo Cruzado Enquanto o governo do estado promove o Cidade Integrada em áreas com baixos índices de violência, bairros da Zona Norte e Zona Oeste do Rio que não foram escolhidos pelo plano de ação contabilizam mortos e feridos em constante rotina de tiroteios,…

Leia Mais

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia pela Covid-19 no dia 11 de março de 2020. Desde então, a recomendação de especialistas, principalmente no primeiro ano, era restringir ao máximo a circulação da população nas cidades. Em Pernambuco, nem isso diminuiu o problema da violência armada: houve mais tiroteios durante a pandemia do que…

Leia Mais

Houve mais de 8 mil tiroteios no Grande Rio desde 2020, segundo Instituto Fogo Cruzado Ficar em casa, usar máscaras e evitar aglomerações foram algumas das medidas impostas por autoridades sanitárias ao redor do mundo para conter os avanços da covid-19. Mas no Rio de Janeiro, a prevenção do vírus dividiu as manchetes dos jornais…

Leia Mais

Ao todo, 487 mulheres foram vítimas da violência armada nos últimos 4 anos, segundo dados do Instituto Fogo Cruzado Em quase quatro anos, 487 mulheres foram baleadas na Região Metropolitana do Recife, segundo dados do Instituto Fogo Cruzado. Entre as vítimas, 240 morreram e 247 ficaram feridas. Em média, é como se 121 mulheres tivessem…

Leia Mais

Ao todo, 871 mulheres foram vítimas da violência armada, segundo Instituto Fogo Cruzado Em quase seis anos, 871 mulheres foram baleadas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, segundo dados do Instituto Fogo Cruzado: 321 das vítimas não resistiram e morreram. As outras 550 mulheres sobreviventes levaram marcas no corpo e na própria história que…

Leia Mais